Oversharing much?!

De repente a gente se depara com a aquele post de alguém que você sente que talvez tenha compartilhado um assunto muito mais pessoal do que deveria, e te faz pensar o que leva as pessoas a compartilhar demais?

Quando o assunto é internet, parece que qualquer pessoa é suscetível a compartilhar demais. Existe algo que muitos vezes atraente em compartilhar naquelas caixinhas vazias do Facebook. Tem gente que até compromete o emprego e a vida nesses posts.

Mas o que me deixa curiosa é o porquê? O que leva as pessoas a compartilhar demais?

Olhei uma porção de estudos feitos nesse assunto com hipóteses do motivo real. Muitos estudos apontam a TV e social media como incentivadores, mas também tem muitos psicólogos que acreditam que é devido há nossa tentativa de controlar ansiedade.

Podemos usar uma energia mental muito grande tentando manejar a impressão que as outras pessoas tem de você. Nesses posts tentamos parecer inteligentes, interessantes e muitas vezes felizes, mas esse esforço todo, faz com que percamos o filtro, e por não estarmos na frente das pessoas que irão ler, então é mais fácil compartilhar . Fazendo que muitas vezes percamos a inibição e muitas vezes nos sentido invencíveis.

Com o tempo você pode perceber que o aumento no compartilhamento exagerado é somente uma imagem de como as pessoas querem propagar de si mesmo e muitas vezes se tornando não muito realista.

 

Eu muitas vezes gosto de postar coisas especiais da minha vida, coisas que me fazem feliz, coisas com que façam as pessoas acreditar que ainda existe boa ação, esperança, que possam trazer um sorriso no rosto de alguém, mas nunca pensei o que as pessoas pensam sobre essa imagem gerada por somente momentos felizes, sem contraste de momentos ruins.

Talvez porque os momentos ruins são muito pessoais para mim e sinto que seria como “oversharing” e por isso você não vai encontrar muitos desses no meu feed. Eu sinto que pessoas que compartilham momentos ruins muitas vezes estão procurando resolver o vazio que existem na vida deles, procurando uma palavra amiga na resposta dos posts, o tão famoso “like”.

E com tudo isso as pessoas ficam dependentes do “like” para se sentirem completos, felizes e aceitos. Talvez seja aquele lado ruim do Facebook, como muitos estudos mostram que Facebook pode tornar muitas pessoas mais sozinhas, isoladas ou até invejosas por somente verem aquela imagem de vida “perfeita”.

Eu sei que vai parecer um pouco vago, mas eu acredito que na vida, tudo tem uma dose certa, e se postar algo no facebook te faz nervoso ou triste, então talvez não seja a melhor coisa para você, simples assim…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s